COVID-19 - E a fronteira?

Design-sem-nome
O que se sabe do Coronavírus é apenas o que se tem divulgado pela mídia. Sendo assim, é importante primeiramente saber um pouco mais sobre ele.

Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderada, semelhantes a um resfriado comum. Esse seria um conceito mais resumido desse vírus que revolucionou o mundo e já foi conceituado até mesmo de apocalíptico.

É importante ressaltar que o novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19, após casos registrados na China, e que provoca a doença chamada de COVID-19, por isso a mudança de nome, uma vez que o coronavírus já existia em 1960. O vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa. Particularmente.

Não se fala em outro assunto. Recentemente o ministro da Saúde francês, Olivier Véran, deu um alerta contra o uso de ibuprofeno (Advil, Alivium ou Ibuflex) em pessoas infectadas.

O site exame.abril.com.br informa sobre alertas mundiais para prevenção de contágio do coronavírus, muitos países entraram em um novo patamar nas últimas 48 horas, com mais relatos fora da China, toques de recolher e fechamento de fronteira. "O Covid-19 já põe em risco a economia mundial", disse no domingo Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional, na reunião do G-20.

A informação do site acima referido chama atenção pela frase: "Fechamento de Fronteira". Em Roraima temos fronteira com a Venezuela e a Guiana, onde sempre entram imigrantes clandestinos, e mesmo os que entram de forma regular, não se tem notícia de quais cuidados estão sendo tomados para evitar que pessoas contaminadas entrem por Pacaraima ou mesmo Bonfim.

Nesse contexto, chama atenção até porque muitos chineses tem comércio na cidade de Lethem.

O mundo todo entrou com medidas de prevenção para evitar o contágio e isso é louvável. Em Roraima, o Tribunal de Justiça preocupado com os estagiários e advogados, tomou várias medidas de prevenção.

Algumas medidas também estão sendo tomadas nas igrejas, na Ordem dos advogados do Brasil, Câmara de Vereadores, enfim, diversos órgãos preocupados em não proliferar o vírus no Estado de Roraima.

Mas e a Fronteira? Porque ainda está aberta? Vários países estão isolados, e Roraima como sempre, a grande "mãe" dos imigrantes, deixa a fronteira aberta! É um genocídio coletivo anunciado?

Destarte, vários sites anunciaram o fechamento da fronteira de países, como Colômbia, Equador, Peru, Chile, Argentina, esses fecharam total. De forma parcial fecharam a fronteira Bolívia, Paraguai e Uruguai.

Mas o Brasil, sempre priorizando os imigrantes, acha desnecessário o fechamento da fronteira, será que se a família dos que insistem em deixar a fronteira aberta morassem em cidade uma como Pacaraima, realmente ficaria aberta?

O Presidente da República declarou que "fechar a fronteira pode não adiantar". Vai adiantar deixar aberta, poderia fazer um cartaz de boas vindas para a família viral.

A fronteira está aberta, venham todos, aqui acolhemos vocês!!! Podem entrar, os hospitais estão abertos para receberem os imigrantes e colocar em risco a vida de quem trabalha nesses serviços essenciais!

O Ministério da Saúde inclui busca por casos suspeitos com a testagem para coronavírus em paciente internados com quadro respiratório grave, independente de viagem ao exterior. E quanto a Roraima, que o exterior é "logo ali"?

A medida vale para as cidades que tenham casos confirmados da doença. Mas a Guiana já registra suspeita e trouxeram o suspeito pra onde? Para Roraima! Só está faltando um convite formal para o Vírus se instalar definitivamente no Estado!

Essa situação lembra muito os filmes apocalípticos de pessoas que precisam se isolar em suas casas para evitar o contágio de um vírus mortal...

A diferença é que nos filmes a fronteira é fechada! 

Amor escrito com sangue
Remédios gratuitos
 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Segunda, 25 Mai 2020